TV

Letitia Wright, a Shuri de Wakanda Forever, é o destaque de Trace Trends desta semana

O apresentador Ad Junior, analisa o impacto do filme “Pantera Negra 2” em entrevista com o elenco do longa.

No Trace Trends desta semana, o apresentador Ad Júnior, acompanhou diretamente da Cidade do México, a pré-estreia mundial do longa-metragem “Pantera Negra: Wakanda para Sempre”, no início de novembro. Com entrevistas Letitia Wright, Lupita Nyong’o e Mabel Candena, que estrelam o longa, o programa fala sobre as mudanças na indústria audiovisual, juventude negra e representatividade. Esse bate-papo vai ao ar excepcionalmente nesta quinta-feira (15), às 18h00 no Multishow, e depois fica disponível no streaming da Globoplay.

Letitia Wright na gravação do Trace Trends. Foto: Reprodução
Anúncios

Consagrado como a 7º maior bilheteria mundial de 2022, o filme teve sua estreia no dia 10 de novembro no Brasil, alcançando a marca de 5,2 milhões de espectadores no país desde seu lançamento. Intérprete da personagem Shuri, a atriz Letitia Wright conta sobre sua motivação para construir uma heroína. “Uma das minhas inspirações como artista é sempre trazer um trabalho que tenha significado e que vai viver por gerações. Quando me trouxeram informações sobre o que a personagem representava, foi muito especial! […] “Eu não queria apenas estar em um grande filme por estar, queria que tivesse propósito e significado, e essa franquia me trouxe isso”, declara.

Ao TT, a atriz Lupita Nyong’o, intérprete de Nakia, conta sobre as mudanças de sua personagem ao longo desses 5 anos. “Eu diria que a minha personagem Nakia amadureceu nos últimos 5 anos desde quando nós conhecemos conforme as coisas mudaram em sua vida ela correspondeu a essas mudanças através do aprendizado e evolução, no primeiro filme Nakia podia ser descrita como incansável e agora você pode descrevê-la como pé no chão. Uma das principais mudanças foi em relação às suas prioridades, ela refinou seu entendimento sobre si mesmo e seu papel nesse mundo, acho que isso é muito bonito de se ver em um personagem”, ressalta.

A filósofa, escritora e embaixadora do longa “Pantera Negra”, Djamila Ribeiro analisa sobre o impacto do filme na indústria audivisual. “O primeiro Pantera Negra já deixou um impacto muito grande na indústria, sem dúvida nenhuma, porque foi um filme de muito sucesso mostrando que filmes com protagonismo negro vende e são sucessos de bilheteria. Eu acho que esse segundo vai deixar um impacto maior ainda do que o primeiro, porque ele vai trazer para esse lugar de continuidade de que filmes nessa temática não devem ser tratados como uma coisa excepcional”, declara.

Anúncios

Ainda neste episódio conta com a participação das cantoras Jup do Bairro, Karen Francis e Anna Suav, da criadora da PerifaCon, a primeira convenção nerd das favelas, Andreza Delgado, do documentarista e produtor cultural Dom Filó e do escritor e podcaster Alê Garcia.

Com apresentação de Alberto Pereira Jr, Xan Ravelli, Ad Júnior, João Luiz Pedrosa e Kenya Sade, o Trace Trends tem, a cada semana, um episódio inédito exibido todas às quintas-feiras, às 23h30 no Multishow, e disponibilizado no Globoplay.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: