Novidades

NIVEA apresenta Biografias Pretas — Histórias de Quem Cuida, livro que narra a trajetória de mulheres negras

E-book Biografias Pretas é uma coleção de histórias de mulheres negras inspiradoras pelo olhar de pessoas colaboradoras da NIVEA.

A NIVEA, através do propósito O Toque Que Transforma e Inspira Conexões, que impulsiona projetos protagonizados, entre outros públicos, por pessoas negras, apresenta o Biografias Pretas — Histórias de Quem Cuida, e-book cocriado com seu público interno e o Instituto Das Pretas, organização capixaba de inovação e tecnologia social, parceira de NIVEA em sua jornada de propósito. Lançado no Festival do Propósito, evento de cultura interna que mobilizou colaboradores da Beiersdorf, NIVEA e Eucerin, o livro foi produzido a partir dos diálogos e aprendizados entre mulheres negras líderes em seus nichos e as pessoas colaboradores voluntárias que puderam escrever sobre essas vivências com a intenção de criar um legado.

Foto: Divulgação/NIVEA
Anúncios

Biografias Pretas trouxe a história de 13 mulheres negras que tiveram passagem pelo Cuida de Quem Cuida, projeto também conduzido em parceria com o Instituto Das Pretas para acelerar formações educativas voltadas para o afroempreedorismo, cidadania ativa, diálogos de futuros e negócios de impacto.

A plataforma, que recentemente teve seu segundo ciclo, tem o objetivo de transformar e promover autonomia de mulheres negras, que são historicamente empreendedoras e mobilizadoras sociais. “Estamos, ao longo dos meses, criando uma série de projetos que se conectam e caminham para um único objetivo: reconhecer a potência de mulheres negras em diferentes lugares da sociedade. O Cuida de Quem Cuida inspirou o Biografias Pretas e temos grande orgulho disso”, aponta Ligia Annunziato, líder da Agenda de Propósito da NIVEA.

Biografias Pretas — Histórias de Quem Cuida está disponível em e-book, neste link.

Relatos potentes 

Em um tom íntimo e delicado, o livro abre as discussões com a história de Vanda Vieira, nascida no Rio de Janeiro e militante desde a juventude, tendo passagem por ações que exigiam a construção de creches para atenderem mães e crianças, melhores condições trabalhistas e assistência direta a pessoas vulnerabilizadas. Já com Ilana Açucena, o ponto alto é a construção de uma herança de ativismo e prestação de serviço, pois, desde a infância, ela teve essa semente plantada por seus pais, que já eram engajados em causas políticas. Hoje, ela cursa enfermagem e é Presidenta do Conselho de Saúde de Cariacica, no Rio de Janeiro.

Advogada popular, fundadora do Coletivo Evas Negras e integrante da comissão do Quilombola do Sapê do Norte, Josilene Sousa dos Santos atua na luta para os direitos básicos do povo negro no Espírito Santo. Além disso, se coloca como candidata à vereadora para discutir e proteger jovens negros e periféricos das violências cotidianas.

Essas são algumas das histórias descritas no Biografias Negras com a missão de comunicar a luta e valorizar a pluralidade dessas mulheres que são referências em suas jornadas. “Ter a oportunidade de ouvir mulheres negras líderes em suas atuações e escrever sobre suas histórias, compartilhando suas vivências e protagonismo com outras pessoas, é o que mais me fez sentir parte do propósito O Toque Que Transforma”, aponta Cássia Gomes, estagiária de Administração da NIVEA e coautora do livro.

Ações voluntárias 

O livro é um projeto do Programa de Voluntariado de Beiersdorf, que estimula que as pessoas colaboradoras da companhia vivenciem na prática o movimento de transformação da Agenda de Propósito, combinando os pilares de cultura interna e missão social, resultando em uma mudança de dentro para fora. A obra nasceu com a intenção de documentar as narrativas de mulheres que participaram do projeto Cuida de Quem Cuida e de outras mulheres que passam pela rede de apoio do Instituto Das Pretas.

Anúncios

As protagonistas dessa biografia persistem na busca por caminhos pessoais, profissionais e educacionais, pois se reconhecem como potência nos lugares que ocupam e, acima de tudo, se reconhecem como mulheres pretas. “Com essa etapa do Programa de Voluntariado, envolvemos nosso público em discussões construtivas sobre equidade racial e vemos que nos tornamos cada vez mais engajados nos projetos e frentes da nossa jornada de propósito”, afirma Ligia.

Para Juan Pablo Leymarie, diretor de Recursos Humanos da NIVEA, o sentimento é de que os profissionais da companhia se envolvem com as iniciativas de voluntariado de uma forma muito genuína. “A cada nova etapa, vemos que mais pessoas querem participar e fazer a diferença no dia a dia das organizações e dos públicos atendidos por elas. O livro Biografias Pretas é um bom exemplo da atuação do nosso Grupo de Afinidade Abrace Nossa Cor, que debate internamente sobre pautas raciais”, comenta. Os Grupos de Afinidade da BDF NIVEA são formados por pessoas colaboradoras de diversas áreas que compartilham interesses em comum e debatem formas para fortalecer a cultura interna nas pautas de Diversidade, Equidade e Inclusão, Sustentabilidade e Meio Ambiente e Equilíbrio Vida e Trabalho.

Compromisso social 

O propósito da NIVEA, O Toque que Transforma e Inspira Conexões, foi definido a partir de estudos que revelaram as populações que apresentam uma maior ausência do toque humano, seja por sua condição social ou natureza. A partir deste cenário, NIVEA estabeleceu parcerias com instituições do terceiro setor, que apoiam projetos sociais oferecendo suporte institucional de capacitação, melhorias internas e amparo social.

  • Idosos e cuidado ativo: parceria com Instituto Velho Amigo; 
  • Comunidade LGBTQIA+ e a criação de novos futuros: parceria com ABGLT e TODXS; 
  • Negros e a potência empreendedora: parceria com Pretahub e Instituto Das Pretas; 
  • Meninas negras e o letramento racial: parceria com Instituto Das Pretas e UNICEF. 
Anúncios

Biografias Pretas foi a terceira iniciativa de voluntariado promovida pela NIVEA neste ano. A primeira, denominada Abraço Virtual, ocorreu em abril e em maio, com idosos atendidos pela rede do Instituto Velho Amigo. Em um cenário ainda delicado da pandemia, a proposta foi promover uma troca de mensagens por vídeo entre os idosos e os profissionais da NIVEA, resultando em conexões profundas os participantes.

O segundo projeto foi o Mutirão da Beleza, também em parceria com o Instituto Velho Amigo. Realizado em outubro, pessoas colaboradoras da NIVEA se encontraram, dessa vez pessoalmente, com idosos atendidos pela instituição para falar sobre a importância de uma rotina de cuidados com a pele em todas as idades. Além de falarem sobre dicas de cuidados diários e benefícios de ter uma pele saudável e protegida, os participantes dialogaram sobre autoestima, trocas entre gerações e toque de carinho.

Para 2023, a NIVEA planeja novas iniciativas de voluntariado para fortalecer e ampliar a jornada de propósito, que já entra para o terceiro ano de atuação e transformação social no Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: