Novidades

Conheça a primeira Aceleradora de Alimentos e Bebidas de Madureira que vai potencializar negócios do ramo alimentício

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), apresentados recentemente, mostram que a taxa de desemprego no Brasil recuou para 9,1% no mês de julho. Mas, a informalidade ainda é grande no país, onde, 39,3 milhões de pessoas ainda precisam desta ferramenta para driblar a falta de trabalho. 

Lorena Coimbra Foto: Divulgação
Anúncios

Foi pensando em como potencializar negócios independentes do ramo de alimentos e bebidas, que a Duto, em parceria com a Foodtech, criou a Tech – Aceleradora de Alimentos e Bebidas. A iniciativa pioneira é a primeira ação do Epicentro, projeto multiplataforma amplificador de potências criativas, que conta com patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro por intermédio da Secretaria Especial da Juventude Carioca. 

Á frente da Tech está Lorena Coimbra, empresária e engenheira de alimentos. Segundo ela, o objetivo é impulsionar os negócios localizados em Madureira e arredores, fortalecendo a economia local, a segurança alimentar e o empreendedorismo no subúrbio. “Queremos combater o nutricídio, os desertos alimentares e aumentar o acesso à informação sobre negócios, acelerando durante seis meses, 10 projetos da área de alimentos de Madureira e bairros vizinhos”.

A profissional ainda ressalta que em todo o mundo, mais de 10% das pessoas estão em situação de insegurança alimentar grave e cerca de 25% estão acima do peso ou obesas. “Com a população global prevista para alcançar o número de 10 bilhões de pessoas até 2050, a pergunta que fica é: como conseguiremos alimentar todo mundo? Com todos esses fatos e indagações, fica latente a importância de potencializar os cidadãos, sua alimentação, seu acesso à informação e dar aportes financeiros aos negócios das regiões mais necessitadas do Brasil”.

Anúncios

Para mudar este cenário, estão abertas as inscrições para a Tech – Aceleradora de Alimentos e Bebidas. Serão 10 vagas para empreendedores que terão acesso a facilitações na área de negócios e tecnologia de alimentos, e também a mentorias nas áreas. A cada etapa da aceleração, os participantes terão que realizar entregas do seu plano de negócio para avaliação da sua evolução. Ao final de seis meses, o empreendimento mais bem avaliado receberá um aporte financeiro de R$10.000,00 para investir no seu negócio.

Marcello Dughettu, head da Duto explica que a discussão sobre a qualidade dos alimentos precisa ir além das fronteiras da zona sul carioca. “A cidade do Rio necessitava de uma iniciativa que pautasse a discussão da indústria de alimentos nos subúrbios de maneira séria. Madureira é um polo de cultura, entretenimento, negócios e merece um olhar estratégico neste setor, para potencializar os negócios, projetos e empreendimentos da região”. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: