fotografia

Estúdio África traz premiada fotógrafa africana Fatoumata Diabaté para Salvador

Idealizado pela antropóloga Goli Guerreiro, projeto promove intercâmbio de artista africana com fotógrafas baianas através de residência artística e montagem de estúdios de rua.

O Estúdio África, projeto de intercâmbio, formação, montagem e circulação no campo da fotografia, traz a Salvador a fotógrafa malinesa Fatoumata Diabaté, internacionalmente reconhecida como um dos nomes mais importantes da fotografia contemporânea. A iniciativa realiza uma série de atividades entre os meses de setembro e novembro de 2022 que envolvem a participação de Fatoumata numa residência voltada para fotógrafas negras (pretas e pardas) e indígenas da Bahia e a produção de estúdios fotográficos de rua criados em colaboração. A programação conta ainda com o Festival Estúdio África em alguns pontos da capital e interior, além de uma aula pública sobre a história e estética da fotografia africana, ministrada pela antropóloga Goli Guerreiro, idealizadora do projeto.

Foto: Divulgação
Anúncios

Artista premiada, Fatoumata consagrou-se por seu trabalho no projeto Le Studio Photo de la Rue, que consiste na montagem de estúdios de rua que recriam a estética dos grandes mestres da fotografia africana dos anos 1950 e 60,mantendo viva a história de um dos repertórios mais significativos da produção cultural africana. O Estúdio África vai selecionar 10 mulheres negras (pretas e pardas) e indígenas baianas, fotógrafas amadoras ou profissionais, para o processo de formação com Fatoumata Diabaté, que acontece de 23 a 30 de setembro de 2022 no Acervo Arlete Soares. As selecionadas receberão uma bolsa pela participação na residência. A chamada pública acontece de 4 a 10 de setembro de 2022 e as interessadas podem se inscrever através do link  https://bit.ly/residenciaestudioderua

“Estar com Fatoumata apresentando a estética africana e recriando estúdios de rua em Salvador e no interior da Bahia é uma grande oportunidade de interação cultural e artística que dispomos para renovar o imaginário e atualizar as trocas culturais com o continente africano”, afirma Goli Guerreiro, que também assina a curadoria e a supervisão pedagógica do projeto.

Studio Photo de la Rue por Fatoumata Diabaté

Para Fatoumata Diabaté, “ir ao Brasil com meu Studio Photo de la Rue, e em particular para Salvador da Bahia, é um sonho realizado! Conhecer a cultura afro-americana, aproximar a cultura do Mali e a cultura brasileira… Só concebo meu trabalho por meio de trocas e compartilhamento, foi isso que me orientou e estimulou desde sempre”.

Etapas e programação

A primeira etapa do Estúdio África conta com uma aula introdutória sobre a estética da fotografia africana, ministrada pela antropóloga Goli Guerreiro, que acontece dia 22 de setembro no teatro do Goethe-Institut Salvador-Bahia. Aberta ao público geral, as inscrições são gratuitas e as inscrições serão divulgadas nas redes sociais do projeto. Na segunda etapa, as fotógrafas baianas selecionadas participam da residência com Fatoumata para a criação dos seus próprios estúdios de rua. Ao final do processo, no dia 1º de outubro, a Praça Castro Alves sedia o Le Studio Photo de la Rue da artista do Mali, onde ela fará o registro de fotos de transeuntes, curiosos e turistas que passam pelo local. As imagens irão compor a “Coleção Mali-Bahia”, assinada por Fatoumata, a ser apresentada em evento público na Casa do Benin dia 04 de outubro, onde os retratados terão acesso a sua fotografia impressa. 

A última etapa do projeto é o Festival Estúdio África, quando as fotógrafas residentes apresentam ao público os estúdios fotográficos criados a partir da residência com Fatoumata. Cada sábado, entre os dias 05 de novembro e 03 de dezembro, uma dupla de fotógrafas monta seu estúdio em diferentes pontos da capital e interior, retratando a população do entorno durante todo o dia.

Anúncios

“Nossa intenção é difundir de forma mais ampla e efetiva um conhecimento sobre a África contemporânea como um campo de produção artístico e cultural extremamente atraente e promissor, porém muito pouco conhecido no Brasil”, destaca Goli.

Idealizado por Goli Guerreiro, o projeto Estúdio África: Conexão Mali-Bahia é uma realização da Ana Camila Comunicação & Cultura e conta com a parceria do Consulado da França em Recife e com o apoio financeiro do Estado da Bahia através do Fundo Cultura, Fundação Cultural, Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda.

PROGRAMAÇÃO:

– Inscrição para residência com Fatoumata Diabaté

Período de inscrições: 04 a 10 de setembro 2022

Vagas: 10 vagas para fotógrafas negras (pretas e pardas) e indígenas: 05 de Salvador e 05 do interior

Inscrições gratuitas

Link: https://bit.ly/residenciaestudioderua

– Aula Pública: História e Estética da Fotografia Africana

Ministrada pela antropóloga Goli Guerreiro, a aula pública oferece para o público geral um breve panorama sobre a história da fotografia africana, contextualizando os artistas mais importantes das últimas décadas, além de situar o trabalho de Fatoumata Diabaté no contexto da fotografia africana contemporânea.

Dia 22 setembro 2022 (quinta-feira)

Inscrições gratuitas: https://bit.ly/aulapublica-estudioafrica 

Local: Teatro do Goethe-Institut Salvador-Bahia

Horário: 18h30 às 21h30

Vagas: 130

Anúncios

Le Studio Photo de la Rue com Fatoumata Diabaté

A fotógrafa malinense Fatoumata Diabaté apresenta em Salvador seu projeto Le Studio Photo de la Rue, no qual monta seu estúdio de rua em um espaço público e convida transeuntes para serem retratados em fundos decorativos e com uma atmosfera retrô.

Dia 1º de outubro 2022 (sábado), às 8h

Local: Praça Castro Alves 

Entrada livre

– Apresentação Coleção Mali-Bahia

O evento recebe a apresentação da Coleção Mali-Bahia com uma seleção das fotografias tiradas por Fatoumata Diabaté no Studio Photo de la Rue na Praça Castro Alves. Na ocasião, a artista compartilha com o público o seu processo criativo e a sua experiência em diversos países do mundo. Durante o evento, as pessoas fotografadas receberão seus retratos feitos no dia do estúdio de rua. 

Dia 04 de outubro 2022 (terça-feira), às 15h

Local: Casa do Benin

Entrada livre (sujeita à lotação do espaço)

Anúncios

– Festival Estúdio África

Num total de 5 semanas, entre os dias 05 de novembro e 03 de dezembro de 2022, a cada sábado, um estúdio de rua será instalado por uma dupla de fotógrafas participantes da residência com Fatoumata Diabaté. Aos moldes da experiência africana, as fotógrafas baianas tomarão fotos de transeuntes e curiosos, locais e turistas, que terão acesso virtual aos seus retratos, além de terem a liberdade de realizar sua selfie. 

De 05 de novembro e 03 de dezembro de 2022 (aos sábados)

Locais a confirmar

Sempre das 7h às 17h

Abertos ao público

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: