Música preta baiana é tema de série especial de podcast

Na próxima quinta-feira, dia 25 de fevereiro estreia a série Afrobaianos, que estará disponível de forma gratuita em qualquer plataforma de streaming. Na estreia os apresentadores Milena Anjos, Leandro Souza e Mariana de Paula conversam com Luciane Neves, coordenadora de produção do bloco afro Muzenza e Paulo Roberto do Nascimento, presidente do bloco Os Negrões para compreender como essas entidades carnavalescas se tornaram parte essencial da maior festa de rua do planeta.

Luciane Neves e Paulo Roberto do Nascimento Foto Reprodução
Anúncios

Apoie o Cultura Preta no Apoia.se por apenas 10 reais mensais, clique e apoie!

O trio que forma o “Do Nada, um podcast” lança essa série que tem o objetivo de contar a história da música baiana, ressaltar a nossa ancestralidade, reverenciar nossos artistas pretos e valorizar a negritude.

O programa é feito por três jovens pretos de Salvador que buscam se reconectar com essa história e construir uma narrativa a partir dos relatos de seus atores principais. Para Leandro Souza, essa temporada busca reverenciar os artistas negros “É como contar uma outra versão de uma mesma história, e o principal, a versão em que a gente se vê e acredita”, destaca o apresentador.

Milena Anjos, Mariana de Paula e Leandro Souza Foto: Mariana de Paula
Anúncios

Todas as quintas-feiras terá um novo episódio. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

OS GRUPOS

Os Negões – É um bloco afro é uma das instituições mais respeitadas mundialmente em política social e racial de Salvador. Ele foi criado para manter juntos, durante o carnaval de Salvador e depois do carnaval, sua equipe continua trabalhando em atividades sociais.

Muzenza – Conhecido internacionalmente, o bloco surgiu com um tributo a Bob Marley nas ruas de Salvador e popularizou o reggae de rua. Possui também um trabalho socioeducativo junto à comunidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.