Novidades

São Paulo comemora 467 anos na próxima segunda

Com o tema Memória, Consciência e Esperança, a Secretaria de Cultura da Cidade de São Paulo celebra o aniversário da cidade com intervenções artísticas, atividades on-line e ações de conscientização diante da pandemia de Covid-19.

A maior metrópole da América do Sul celebra seus 467 anos no próximo dia 25 de janeiro com uma programação cultural especialmente preparada pela Secretaria Municipal de Cultura. Sob o tema “Memória, Consciência e Esperança“, as atividades planejadas vêm para, além de celebrar a memória da cidade, homenagear vítimas da Covid-19, assim como os profissionais de saúde, verdadeiros heróis deste período, além de reforçar a conscientização da sociedade para com os cuidados de distanciamento social e, por meio da arte e da cultura, trazer esperança e confiança em dias melhores, agora reforçadas pela chegada da vacina.

Num momento tão delicado pelo qual passamos, a cultura tem um papel simbólico muito relevante na vida de todos. Mas é importante ressaltar que a celebração não diminui a atenção que a população deve ter com os cuidados com a prevenção do contágio. Por isso, a programação do Aniversário deste ano foi construída a partir de ações de intervenção espalhadas pela cidade que não estimulem a aglomeração e que possam ser contempladas pelas pessoas através da cobertura da imprensa e, principalmente, on-line.

Anúncios

No universo digital, uma agenda com mais de 40 atividades das mais diversas áreas culturais que serão exibidas nas redes sociais de centros culturais, casas de cultura e bibliotecas geridas pela Secretaria. Um recorte da diversidade paulistana com shows de rap, samba, rock, MPB, apresentações teatrais para adultos e crianças, de dança, contação de histórias, discussões sobre questões indígenas e até mesmo uma exposição virtual sobre a história do circo. Num movimento para a democratização da leitura, a partir das 10h, haverá também distribuição de exemplares de Macunaíma, de Mário de Andrade, em cinco bibliotecas do município: Vicente de Carvalho, Cora Coralina, Prestes Maia, Pedro Nava e Érico Veríssimo .

Entre as ações que intervêm na paisagem urbana está o vídeo mapping São Paulo, Cidade-Ciência, que será projetado na fachada do Instituto Butantan. A atividade, que será realizada pelo Ateliê Digital Analógico, formado pelo artista Caio Fazolin e pela socióloga Tatiane Gonzalez, irá narrar através de uma visão poética os avanços da tecnologia que coloca a capital como polo produtor de ciência.

A ação São Paulo 467 anos, histórias a se contar… do Coletivo Coletores tem como proposta um mini circuito de arte digital buscando dialogar com as memórias de quatro bairros da zona leste (Itaquera, Guaianases, Cidade Tiradentes e São Miguel Paulista), produzindo narrativas visuais com informações sobre a importância dos cuidados com a Covid-19. Os profissionais de saúde são os homenageados da intervenção Protagonistas de Máscara. A ação, realizada em setembro pela Secretaria Municipal de Cultura nos hospitais Emílio Ribas e Clínicas, agora migra para a rua Augusta, na altura no número 400, com imagens de profissionais da saúde estilizadas como heróis de quadrinhos. Os usuários do Twitter poderão enviar mensagens de apoio a esses profissionais, que serão projetadas por meio de captura em tempo real pela hashtag #sp467. Através de um QRCode na projeção, o público será direcionado para uma página da Prefeitura com as informações atuais da Covid-19 no município.

Protagonista de Mascara Foto: Reprodução
Anúncios

Entre as atividades de conscientização, a Secretaria expande pelas cinco zonas da cidade a intervenção artística Sorriso na Máscara, que será realizada por sete grupos de artistas de diferentes linguagens, levando um pouco de alegria e muita informação de prevenção e cuidados básicos, com distribuição de máscaras, num total de 14 apresentações que acontecerão das 10h às 18h.

Sorriso de Mascará Foto: Reprodução

Nos bairros do Jaguaré, Vila Piauí, Vila Nova Cachoeirinha, Paraisópolis, Comunidade do Gato, Heliópolis, Cidade Tiradentes, Guaianases e São Remo, das 10h às 16h, ao som de marchinhas, sambas enredos, funk e soul, o Formato Bloco apresenta muita alegria, folia e diversão no Cortejo Gonguê. Com uma trupe formada por músicos multi-instrumentistas, eles misturam o balanço da percussão ao suingue de metais e o som do cavaquinho em repertório que traz clássicos de Jorge Benjor, Tim Maia, Wilson Simonal e muito mais.

Já entre as atividades on-line, destaque para Desvairada SP – Da Garoa aos Saraus, uma homenagem do Sarau do Binho, um dos precursores de eventos literários nas periferias da zona sul de São Paulo. No evento digital , a partir das 17h, poetas e músicos paulistanos relembram histórias vividas na cidade e declamação de poemas e músicas que nos conduzem às suas ruas, becos e vielas.

Sarau do Binho Foto Camila Brasil
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: