Porque deve ouvir

#5 Porque deve ouvir: Natania Borges e Azenza

Nascida em Salvador, Bahia, a cantora, compositora e atriz Natania Borges de 29 anos vem construindo uma carreira artística solida, onde ela como uma artista hibrida por atuar em vários campos acaba na musica tendo maior destaque consolidação de seu trabalho, ao lado da Banda Azenza ela forma a banda Natania Borges e Azenza e traz através de ritmos como o Ijexá, Axé, Samba e R&B , sua discografia honra suas origens e exalta a negritude em sua cultura e tradições, além de afirma sua voz como mulher preta trans na sociedade.

Em entrevista exclusiva ao CP, a cantora conta como começou a cantar, o inicio de sua carreira e a construção do seu recente álbum “Liberdade” além da produção do álbum visual ao lado de Larissa Dardania, assista:

Anúncios

Quem é Natania e o inicio da carreira

A cantora afirma que sua carreira começa quando ela nasce, desde sua infância ela já queria ser artista e desde então cultivou esse sonho, quando de fato começou sua carreira ela ainda teve que se deparar com criticas que a fizeram ter uma pequena desilusão com a arte, no entanto isso não durou muito e ela seguiu sua caminhada na musica começando sua carreira solo em 2013.

“Minha carreira começa quando eu nasci”

Natania Borges Reprodução: Arquivo
Anúncios

Davi The Producer e Vaine

A cantora exaltou e refletiu sobre a experiência com o musico e produtor David The Producer e o rapper Vaine, a parceria “Afronta” foi o primeiro trabalho do trio e posteriormente chegaria o EP “Encosto” que foi muito bem recebido pelos fãs dos artistas, produzido incialmente em 2019, o trabalho foi realizado em paralelo com o álbum Liberdade para ela fazer as duas produções ao mesmo tempo foi um um processo de aprendizado para todos por seu um trabalho colaborativo.

Anúncios

Banda Azenza

A banda é formada após a cantora já ser profissional, no embalo do sonho de gravar suas musicas autorais, a cantora já cantava com banda porem após uma situação desagradável com os músicos ela decide formar a Banda Azenza composta por mulheres e pessoas que já haviam trabalhado com a cantora anteriormente e que eram de confiança, entre eles a percussionista Larissa Cristiano e o rapper e Dj Jamalsk DC.

Natania Borges e Azenza durante apresentação no Arte na Praça de 2019 Foto: Jão Nicomedes
Anúncios

Álbum “Liberdade”

O álbum para a artista é como um filho, este que teve muito trabalho e dedicação para ser trazido ao mundo, a artista ainda revelou que o trabalho era para ser um EP mas que depois de uma conversa com o produtor Avner Andrade aquele EP se tornou um álbum.

Natania Borges Foto: Reprodução/Instagram

Álbum Visual e Larissa Dardania

Natania e só elogios para a fotógrafa, produtora e atriz Larissa Dardania, ela retrata a relação das duas como um casamento que deu certo, ela ainda revelou que Larissa assumiu o projeto depois que ele começou mas ela teve papel crucial na criação e elaboração do álbum visual que foi produzido entre 2018 e 2020, este que seria apenas um conjunto de clipes acabou se transformando no primeiro álbum visual de Uberlândia e região.

View this post on Instagram

Eu nem sei se ela vai me matar quando ver essas postagens, mas é importantíssimo para mim poder falar desta artista espetacular. Conheci Dardania @dar.dany em 2017, em meio as gravações de uma Web Série e nas produções do Ocupa Teatro, com a montagem de Benedites. Ela sempre foi muito na dela e no início eu achava ela parada demais, não tínhamos tanto contato, mesmo atuando na mesma companhia de teatro. O tempo foi passando e a gente se estreitando em relacionamentos, de repente a gata tava nas micro festinhas do meu círculo de amizade, passamos o primeiro ano novo juntas de 2017 para 2018 e foi nesses encontros que eu estava certa vez falando da produção do EP. Ela virou para mim e disse: – Eu faço amiga, eu pego o visual do álbum e monto tudo, foto, vídeo… Eu retruquei: – Amiga, a gente não tem condições, não tem nada… Ela insistiu: – Não vou te cobrar, quero fazer, passe lá em casa e vamos bolar… Meio sem graça, fui na casa dela, e foi a partir daí, que nunca mais saí da casa dela… A gente começou a firmar uma amizade muito louca, a gente ficava horas em silêncio e nenhuma das duas se incomodava, a gente compartilhava o silêncio também, porque a presença já bastava. Dardas, como eu chamo ela, mergulhou de cabeça na montagem de Liberdade. Foi ela quem construiu a identidade visual, pelas ideias que eu dava a ela, a cor do álbum, o conceito das capas singles e eu fui roterizando com ela. Eu dava as ideias que estavam na mente, ela costurava, alguns clipes ela fazia o roteiro, quando eu já não tinha ideias. Em janeiro de 2019, a gente foi para Salvador passar um mês, coletar imagens para o álbum, pular o Carnaval, porque ninguém é de ferro, pegar umas praias e vender prints para conseguir voltar para UDI. Foi lá que todo mundo perguntava se a gente era irmã… E estavam certos, somos irmãs. Foram 30 dias intensos, engraçados, gostoso. Porque partilhar tudo isso com vocês? Para contar do tanto que ela é importante pra mim e o quanto essa mulher e Foda! [Continua…] – Foto: @olivia.francoc – – – – – – – – #liberdade #albumvisual #musicaindependente #afropop #coco #samba #r&b #balada #soulfunk #trap #blackmusic

A post shared by Natania Borges e Banda Azenza (@nataniaborgesazenza) on

Anúncios

Você pode ouvir as faixas de Natania Borges e Azenza em nossa playlist “Porque deve ouvir: Natania Borges e Azenza” disponível no spotify.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: