Empreendedorismo Negro

Fábrica Cultural e Instituto Nu fecham parceria que visa contemplar mais de 1000 afroempreendedoras

O Mercado Iaô anuncia o início do programa Acelera Iaô Com Elas, resultado daparceria entre a Associação Fábrica Cultural e o Instituto Nu, iniciativa de impacto social do Nubank. A primeira ação do projeto reunirá influenciadores no Espaço INu, estimulando a comunicação digital para a criação de conteúdos durante a 5ª edição do Mercado Iaô Verão, realizado neste domingo, a partir das 10 horas, na Ribeira.

Foto: Divulgação
Anúncios

A chegada do Instituto Nu tem como objetivo ampliar o impacto positivo gerado por mulheres negras nas periferias baianas. A partir da parceria, o Acelera Iaô expande com o Programa Acelera laô Com Elas, criado para o desenvolvimento exclusivo de negócios liderados por empreendedoras pretas.

“Aqui no Instituto Nu, buscamos iniciativas que desafiem a desigualdade social por meio de ações descentralizadas, sempre com uma perspectiva plural e diversa. Por isso, estamos muito entusiasmados com essa parceria que irá fortalecer centenas de mulheres empreendedoras a alavancar seus próprios negócios, impactando não apenas as suas vidas, mas todo o ecossistema ao seu redor”, afirma Marisa Santana, gerente de projetos do Instituto Nu.

Serão realizadas ações de aceleração, economia criativa e comunicação digital, visando o atendimento de 1000 mulheres negras, em um período de 10 meses. O foco principal do programa é estimular a educação empreendedora conectada a geração de renda e a autonomia financeira destas mulheres.

Para melhor atender e contribuir com o desenvolvimento dos negócios, atendidos através do Acelera Iaô Com Elas, o Espaço Iaô de Criação passará a ter como público prioritário e essencial mulheres negras periféricas. Além dos acelerados, 1000 mulheres serão atendidas gratuitamente por inúmeros serviços de comunicação.

Elas terão à disposição ferramentas para criação de vídeos, fotografia, design e redação publicitária. As aceleradas também terão acesso livre a sala de aula, estúdio e estações de trabalho para o desenvolvimento dos negócios, além de participação em oficinas, palestras e rodas de conversa.

Anúncios

Com metodologia semelhante às aceleradoras de startups, três chamamentos públicos têm como alvo 45 negócios liderados por mulheres negras em diversas áreas. As três acelerações serão desenvolvidas em diferentes negócios da economia criativa, através de mais de 500 horas de mentorias coletivas e individuais.

Em Negócios de Alimentação, a gastronomia é voltada para as mulheres negras prestadoras de serviço, donas de bares, restaurantes, lanchonetes e de empreendimentos que comercializam produtos de alimentação.

Já em Negócios de Produção de Áudio, o público é específico para os produtores de música, podcasters negras, centradas na difusão do discurso de potência, afro referenciados periféricos. O Negócios de Influências digitais é voltado para youtubers e digitais influencers negras, representando uma área de visibilidade e democratização do acesso a serviços de informações nas periferias.

Anúncios

Com a chegada do Acelera Iaô Com Elas, a Fábrica Cultural passa e englobar três projetos: o Mercado Iaô, evento multicultural com música, gastronomia, artesanato e artes plásticas; o Acelera Iaô, programa de capacitação de afroempreendores nas áreas de moda, música, gastronomia, artesanato e serviços criativos. São trabalhos fortalecidos pelo incentivo ao empreendedorismo e pelo resgate da identidade cultural da Bahia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: