cinema

Alerta de fofura: crianças negras reagem ao trailer do filme “A Pequena Sereia”

O live-action da Disney que é estrelado pela atriz negra Halle Bailey, tem estreia prevista para 2023.

 A Disney divulgou no último domingo (11), o trailer do filme “A Pequena Sereia”, e as reações de várias crianças negras ao sentirem-se representadas pela protagonista nos causaram um sentimento de felicidade e emoção. Confira abaixo:

Anúncios

Lançamento do trailer de “A pequena sereia” causa polêmica por conta da cor da pele da protagonista.

A divulgação do clássico das animações infantis, causou muita polêmica nas redes sociais por conta da cor da pele da atriz que estrela o filme, Halle Bailey, que é negra.

Halle Bailey e a personagem Ariel na animação do filme “A Pequena Sereia” Foto: Reprodução

Para quem não sabe, na versão original o filme é feito como animação e a estrela da obra é uma mulher branca de cabelos lisos e ruivos. Isso irritou alguns desavisados (pra não dizer racistas) que acreditam que na versão live-action a personagem também deveria ser branca.

O trailer recebeu uma chuva de “dislikes” no YouTube, onde uma série de ignorantes argumentaram que a Disney deseja “mudar os fatos para agradar alguns”.

Bom, mal sabem eles que sereias não existem, então a empresa não está mudando fato algum, apenas fazendo o que já deveria ter feito há várias décadas, que é dar papéis de destaque às pessoas pretas.

O novo filme estrelado por uma mulher negra, surge para dar a todas as crianças pretas um motivo para sorrir e se sentirem representadas em meio a uma realidade que insiste em excluí-las.

Halle expõe ataques racistas após ser escalada como protagonista

A atriz que interpreta a sereia Ariel e é apenas a segunda protagonista negra da Disney relatou que sofreu ataques racista aós ser anunciada como personagem orincipal do live-action.

Bailey contou em entrevista à Variety como foi importante o apoio da família após os comentários racistas questionando a decisão do diretor Rob Marshall (O Retorno de Mary Poppins) sobre o papel principal.

“Quero que a garotinha em mim e as garotinhas como eu que estão assistindo saibam que são especiais e que devem ser princesas em todos os sentidos. Não há nenhuma razão que eles não deveriam ser. Essa garantia era algo que eu precisava”, afirma a estrela.

Foto: Reprodução
Anúncios

A Atriz destacou também a importância do seus avós que fizeram ela enxergar a situação de outra forma, ao relembrarem ocasiões de preconceitos que eles haviam sofrido durante toda a vida:

“Foi uma coisa inspiradora e bonita ouvir as palavras de encorajamento, me dizendo: ‘Você não entende o que isso está fazendo por nós, por nossa comunidade, por todas as meninas negras e pardas que vão se ver em você?’, indagou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: