Novidades

ID_BR faz história e leva discussão sobre a pauta racial para dentro do Rock in Rio Brasil pela primeira vez

Ação pioneira tem como objetivo conscientizar público sobre a importância da promoção da igualdade racial.

O ID_BR (Instituto Identidades do Brasil), organização comprometida com a aceleração da promoção da igualdade racial no Brasil, está fazendo história na 9ª edição brasileira do Rock in Rio, que começou no dia 02 de setembro. O Instituto leva, pela primeira vez, um importante debate para a Cidade do Rock, com a campanha “Toca meu coração”, abordando os impactos do racismo na sociedade e no cenário musical. 

Foto: Divulgação
Anúncios

Em uma ação pioneira – já que é a primeira vez que o maior festival de música e entretenimento do mundo está com um local exclusivo para falar sobre diversidade racial – o ID_BR conta com o espaço “IDENTIDADES”, localizado em um ponto estratégico próximo ao Palco Mundo, gratuito e aberto ao público. Em um cenário instagramável tem como inspiração grandes festivais e nomes negros e indígenas da música. 

Há também uma programação especial de talks que trazem discussões sobre temas como “Arte é poder! Territórios marginalizados e a música”, “Eu não vou sucumbir: O legado de Elza Soares”, “Como sua ancestralidade interfere na sua arte?”, entre outros. As conversas, que acontecem em parceria com o Rock in Rio Humanorama serão mediadas por Luana Génot e Tom Mendes, diretora executiva e diretor financeiro do instituto, respectivamente. 

“Nós queremos tocar o coração de todos e, por isso, o ID_BR e o Rock in Rio Brasil se uniram pela primeira vez para somar e ecoar nossas vozes pela educação antirracista. Durante o festival queremos conscientizar o público sobre a importância da promoção da igualdade racial, além de dialogar sobre os caminhos para acelerá-la”, comenta Luana Génot, fundadora do ID_BR. 

“Ao ecoar diversas vozes e fazer circular a Guitarra Sim à Igualdade Racial, queremos fazer história, tocar corações, reforçar e visibilizar as potentes narrativas de protagonismo negro e indígena. Há lugar para todas as narrativas no palco da igualdade, sim!”, complementa Tom Mendes.

Anúncios

O espaço “IDENTIDADES” conta com a parceria de Americanas, Marvel, Som Livre e Diageo (Smirnoff).  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: