Empreendedorismo Negro

Jovem casal preto e gay se desafia e hoje comanda agência de Design

Rafael Sants e Kevony Martins enfrentaram – ao mesmo tempo – os desafios de um relacionamento e de abrir uma empresa no Brasil.

Entre medos e coragens, empreender no Brasil é sempre um desafio. Para um casal que é sócio, lidar com o cotidiano de uma empresa acrescenta uma camada às dificuldades. E quando o casal é sócio, negro, jovem, gay e empreende na área de Comunicação pela primeira vez? Rafael Sants e Kevony Martins encararam tudo isso e, desde 2019, estão à frente da Apuan Design, vivendo as alegrias e dificuldades de empreender, ao mesmo tempo que são um casal.

Kevony Martis e Rafael Sants Foto: Apuan Design
Anúncios

O primeiro obstáculo vencido pelos sócios é comum a muitos que abrem uma empresa pela primeira vez. Ter confiança para dividir as tarefas, responsabilidades, ganhos e dívidas com outra pessoa. Sobre isso, o que se sentiu mais desafiado foi Rafael Sants, que tinha uma visão negativa da sociedade até entender que existem histórias infelizes, mas existem outras de sucesso”. “Eu tinha uma visão ruim de sociedade e com um namorado, achava mais improvável ainda, mas aconteceu. Se alguém amigo me falasse isso eu diria que era loucura. Mas, não foi!”, complementa. 

Formado na área de Comunicação, trabalhar numa agência era familiar para Sants, mas para Kevony Martins, tudo foi novo. Ele conta: “Quando conheci o Rafael eu cursava ciências sociais na UFRJ, fazia montagens pelo celular por diversão. Jamais imaginei que trabalharia em uma agência, muito menos que seria um dos fundadores, e que teríamos clientes que eu antes só admirava pela Internet e TV”.

Em 2019, os dois já namoravam e juntos resolveram abrir a agência. 

Para isso, “estudamos juntos sobre como estruturar a empresa e setores, planejamos o dia a dia como se fosse uma grande agência, mas com apenas nós dois”, conta Kevony. Mesmo com apenas um cliente, o casal trabalhava o dia inteiro, fazia pesquisas administração, gerenciamento de redes e se dedicava para qualificar as entregas.

“Apesar do pouco tempo, tenho orgulho do quanto crescemos e evoluímos. Sem dúvida, a Apuan não seria Apuan sem o Rafael, ele é a cabeça da agência. Foi ele quem mudou minha rota de vida e me mostrou a possibilidade de algo distante para mim e agora virou realidade. Algo que agradeço a ele e a todos que nos apoiaram.”, ressalta Kevony.

Pular no abismo é uma metáfora que se aplica ao empreendedor e aos que se amam e resolvem morar juntos. Há expectativas, vontade, sentimentos, mas se vai ter asas, paraquedas ou um desastre, só vivendo a experiência, como o jovem casal faz.

Rafael finaliza: “Quero terminar dizendo um muito obrigado ao meu parceiro Kevony. Sem ele eu jamais teria a maturidade que tenho atualmente, tanto nos negócios quanto na vida pessoal, e hoje eu tenho muito orgulho de dizer que namoro meu sócio e que juntos temos uma empresa incrível.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: