Noticias

Homem negro é morto por seguranças do Carrefour em Porto Alegre

Crime acontece um dia antes do dia da Consciência Negra.

Na ultima quinta (19), na capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, um homem identificado como João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi morto por 2 seguranças brancos do supermercado Carrefour. O fato ocorreu após uma discussão entre João e uma funcionária do mercado, eles se desentenderam e João teria ameaçado a mesma e então chamou a segurança.

Pessoas que viram o crime começaram a filmar e questionar a ação dos seguranças.
Anúncios

João foi levado para fora do mercado, local onde ocorreu o crime, ele mesmo teria partido para cima de um dos seguranças que é policial militar, logo ele e jogado ao chão e começa a brutalmente agredido enquanto outra funcionária filma toda a ação. Uma ambulância foi chamada mas João morreu no local.

“Os dois suspeitos, um de 24 anos e outro de 30 anos, foram presos em flagrante. Um deles é policial militar e foi levado para um presídio militar. O outro é segurança da loja e está em um prédio da Polícia Civil. A investigação trata o crime como homicídio qualificado.”

Os dois seguranças foram presos, o crime está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Porto Alegre.

Veja na íntegra da nota do Carrefour

O Carrefour informa que adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos neste ato criminoso. Também romperá o contrato com a empresa que responde pelos seguranças que cometeram a agressão. O funcionário que estava no comando da loja no momento do incidente será desligado. Em respeito à vítima, a loja será fechada. Entraremos em contato com a família do senhor João Alberto para dar o suporte necessário.
O Carrefour lamenta profundamente o caso. Ao tomar conhecimento deste inexplicável episódio, iniciamos uma rigorosa apuração interna e, imediatamente, tomamos as providências cabíveis para que os responsáveis sejam punidos legalmente. Para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam. Estamos profundamente consternados com tudo que aconteceu e acompanharemos os desdobramentos do caso, oferecendo todo suporte para as autoridades locais.

Anúncios

Não é a primeira vez que o mercado vem a publico por uma noticia de agressão por parte de seus seguranças, em Osasco em 2018 um segurança que trabalhava no na rede da empresa na cidade de Osasco matou uma cadela que vivia no estacionamento do supermercado.

Via: G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: