Musica

Cultne realiza Festival Ori, em formato digital, para marcar o Dia da Consciência Negra

No dia 20 de novembro o Festival Ori apresenta uma revista eletrônica que agrega música, humor, economia, moda, educação, finanças e outros conteúdos inéditos.

O Dia da Consciência Negra de 2020 vai ter uma programação diversa para celebrar a memória, o presente e a continuidade do legado do povo negro brasileiro. É o Festival Ori que chega, em sua primeira edição, com uma grade de mais de seis horas de produção audiovisual, desenvolvido e realizado pelo Cultne, o maior acervo digital de conteúdo negro do país. A programação inédita é no formato de revista eletrônica, apresentada, dirigida e produzida por pessoas negras. Com mais de seis horas de duração, a transmissão ao vivo do ORI agrega entrevistas, matérias, humor, música, poesia, história e narrativas negras. O evento é co-realizado pelo Olabi, em parceria com Open Society Foundations e Ford Foundation; uma iniciativa online que envolve tecnologia, inovação e cultura negra.

Festival Ori Foto: Divulgação
Anúncios

As gravações acontecem desde setembro, com locações no Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, com pessoas e organizações negras que protagonizam iniciativas nas artes, finanças, estética, moda, educação, empreendedorismo, projetos sociais, entre outros. Apresentada por Lica Oliveira, Rafael MikeAza Njeri e Carlos Alberto Medeiros, em transmissão ao vivo a partir de estúdio montado no Rio de Janeiro, a revista eletrônica inédita promete tornar o Dia Nacional da Consciência Negra deste ano um momento histórico para a comunicação.

Estreia

Talentos negros da música e poesia têm espaço privilegiado no Festival. Uma estreia, em especial, está em fase final de produção para apresentação exclusiva: da composição dos Mestres Altay Veloso e Paulo Cesar Feital, música inédita, com participação de sete talentosas cantoras negras do Rio de Janeiro (Marcelle Motta, Fabíola Machado, Amanda Machado, Flávia Santana, Tabatha Aquino, Gil Miranda e Rafaela Soares). Áudio e vídeo dessa faixa exclusiva estreia no dia 20 de Novembro.

Além da transmissão ao vivo, no dia 20 de novembro, o Festival tem inserções planejadas em redes sociais para antes e depois do Dia da Consciência Negra, com pequenos trechos das participações. O Ori é um Festival Digital Transmídia, plataforma virtual de discussão e o fomento da memória cultural negra, mediante o uso de novas tecnologias de informação e comunicação no campo da cultura digital. A proposta é aproximar e integrar a audiência de todas as idades e classes sociais ao mundo digital, de inovação e cultura, a partir do uso de novas tecnologias de informação e comunicação em plataformas digitais. 

O festival começa as 15:00 no horário de Brasília, a transmissão será pelo canal da Cultne.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: