Noticias

Bombeiro é preso no Rio de Janeiro por envolvimento no assassinato de Marielle Franco e Anderson

Suel já havia prestado depoimento em 2019 mas não foi preso.

O sargento do Corpo de Bombeiros Maxwell Corrêa conhecido como Suel foi preso nesta manha de quarta (10) sob acusação de atrapalhar as investigações do assassinato, segundo a policia ele ajudou a jogar no mar as armas usadas no crime, sua prisão ocorreu em sua casa na Zona Oeste do Rio, militar mora em mansão de luxo em condomínio, imóvel avaliado em R$ 1,9 milhão de reais, também foi apreendido um veiculo.

Suel e amigo de Ronnie Lessa que é um dos acusados do assassinato de Marielle e Anderson, “São pessoas extremamente ligadas, tanto na vida do crime quanto na vida social“, disse o delegado Daniel Rosa. O MP disse que “o papel de Maxwell para obstruir as investigações foi ceder o veículo utilizado para guardar o vasto arsenal bélico pertencente a Ronnie, entre os dias 13 e 14 de março de 2019, para que o armamento fosse, posteriormente, descartado em alto-mar“.

Já nesta tarde, o Delegado Antônio Ricardo Lima Nunes, diretor do Departamento de Homicídios da Polícia Civil do Rio disse que Bolsonaro e sua família não tem envolvimento com o morte de Marielle.

Marielle Franco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: