Noticias

Cabeleireira diminui morte de George Floyd em rede social

Apos a repercussão na internet ela retirou o perfil do ar.

A cabeleireira Marisol Motta de 22 anos usou o stories do instagram para questionar a ação dos manifestantes americanos apos a morte de George Floyd e atacar pessoas pretas dizendo que pretos também são “preconceituosos” e fazendo menção até a Hitler, veja:

A injusta forma de comparação da cor e da morte de George e baixa e nem se quer pode ser discutida, Marisol não sabe os privilégios que possui e destila racismo em comentários como “Os negros falarem mal dos brancos é preconceito também. Eu acho que vocês reclamam de barriga cheia. Imagina se fosse na época do Hitler? Será que ia ter alguém vivo? No Brasil principalmente, porque aqui é tudo mestiço. Ninguém é branco 100% e ninguém é preto 100%. Tudo misturado”.

O perfil de Marisol no instagram está fora do ar até o momento.

1 comentário

  1. o lance no mundo não e só ter coragem é ter coragem e ser burro.A mina usou sua rede pra falar besteira, achando que tinha toda razão do mundo seelokooo quero distancia desses posicionamentos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: