Noticias

Conheça os vencedores do Prêmio “Sim à Igualdade Racial” 2022 

Evento celebrou os principais nomes e instituições que atuam em prol da igualdade racial no Brasil.

O Prêmio Sim à Igualdade Racial 2022 – apresentado pelo ID_BR (Instituto Identidades do Brasil) e o Mover – premiou, na noite de sábado (28), os principais nomes e instituições que atuam em prol da igualdade racial no Brasil dentro dos pilares: cultura, educação e empregabilidade.  

Jeferson De Foto: ARIKAYLE
Anúncios

Com transmissão pelo canal Multishow, o evento reuniu Xamã, Jorge Aragão, Preta Gil, Karol Conká, Ícaro Silva, entre outros nomes potentes. Houve também uma homenagem à Elza Soares – que morreu no início de 2022 aos 91 anos – conduzida por Larissa Luz, artista que interpretou e emocionou o público no musical “Elza”.  

Um dos destaques da premiação, foi o musical-manifesto “Resistência Preta”, idealizado pelo diretor artístico Rodrigo Pitta e pelo percussionista Marivaldo dos Santos, um dos criadores do sucesso off Broadway, STOMP. O número, apresentado nas vozes de WD, IZRRA e Ruby, três cantores negros da nova geração, põe em pauta a trajetória de negros e indígenas brasileiros no sistema educacional do Brasil. 

Já o ponto alto cerimônia ficou com a parceria inusitada entre os cantores Jorge Aragão e Xamã. A dupla apresentou a canção “Coisa de Pele” e Xamã trouxe para o palco seu hit “Malvadão”.   

Os vencedores foram escolhidos por um conselho julgador formado por nomes como o da cantora Teresa Cristina, da deputada estadual Erica Malunguinho, da apresentadora Eliana e da influenciadora digital Pequena Lô. Os ganhadores levam para casa o troféu “Mad World”, do artista plástico Vik Muniz, além de serem contemplados com R$ 3 mil reais para fortalecer seus projetos, apoiar uma instituição ou, até mesmo, realizar algum objetivo pessoal.  

Anúncios

Veja a lista com os vencedores:  

PILAR CULTURA 

Raça em Pauta 

Pessoas que pautam com frequência e relevância assuntos de temática racial. Podem ser jornalistas, colunistas, produtores de conteúdo, apresentadores, de qualquer cor ou raça. 

Mano a Mano: podcast apresentado pelo rapper Mano Brown que tem o objetivo de ampliar a visão e o debate, trazendo diversidade de ideias e pensamentos com profundidade e respeito.

Arte em Movimento 

Cantores, produtores culturais/musicais e artistas negros e indígenas que geram impacto social com o seu trabalho e relevância para o seu grupo racial. 

Jeferson De: roteirista e diretor de curtas premiados, Jeferson nasceu em Taubaté e estudou cinema na USP, onde foi bolsista da FAPESP com a pesquisa: “Diretores Cinematográficos Negros”. Em 2000, publicou o manifesto “Dogma Feijoada”. 

Destaque Publicitário 

Agências e empresas que produzem peças e filmes que tratam da temática racial e indígena. As peças deverão ter sido lançadas em 2021. 

Avon/Wunderman Thompson: campanha OLHA DE NOVO #AvonTaOn. 

Influência e Representatividade Digital  

Influenciadores digitais negros e indígenas, sejam eles youtubers, blogueiros, instagrammers, tiktokers, facebookers ou expoentes das demais redes sociais.   

Txai Suruí: da etnia paiter-suruí, Txai é ativista e criou o movimento da Juventude Indígena de Rondônia no início de 2021. A jovem é a primeira de seu povo a cursar direito. 

PILAR EDUCAÇÃO 

Intelectualidade 

Grandes pensadores, escritores, doutores e estudiosos negros e indígenas sobre a temática racial. 

Ailton Krenak: líder indígena, ambientalista, filósofo, poeta e escritor brasileiro da etnia indígena crenaque. É considerado uma das maiores lideranças do movimento indígena brasileiro, possuindo reconhecimento internacional. 

Inspiração 

Pessoas negras e indígenas que, por meio do seu trabalho, inspiram outros negros e indígenas a criarem narrativas. Esta categoria também tem o objetivo de homenagear grandes nomes que se tornaram referência de representatividade no Brasil, independentemente da área de atuação. 

Joênia Wapichana: advogada e a primeira mulher indígena a exercer a profissão no Brasil. Joênia é deputada federal desde 2019. 

Educação & Oportunidades  

Iniciativas que buscam promover a Igualdade Racial por meio da educação, criando formas de acesso, narrativas e métodos de aprendizado. 

Associação UniFavela – Semeando o Ensino Popular: organização que desenvolve um trabalho político-pedagógico antirracista, por meio da dinâmica de pré-vestibular. 

Anúncios

PILAR EMPREGABILIDADE  

Comprometimento Racial 

Empresas que possuem práticas em prol da equidade racial, desde programas internos e grupos de trabalho até posicionamentos perante o público externo. 

Ambev: empresa brasileira dedicada à produção de bebidas. Em 2020, a organização assumiu 13 compromissos para ajudar a promover a igualdade racial em seu ecossistema. A companhia anunciou que mais do que dobrou a sua meta anual para promoção e contratação de lideranças negras em 2021. 

Liderança 

Pessoas negras e indígenas que possuem status de liderança em suas áreas de atuação e são referência para o mundo corporativo. 

Mônica Marcondes: é economista, advogada formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e mestre em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP.  Atualmente atua como Especialista Executiva de Investimento no Santander e membro do board do Instituto Adus.  

Trajetória Empreendedora 

Empreendedores negros e indígenas que possuem negócios inspiradores e de sucesso e que geram impacto no seu grupo racial. 

Watatakalu Yawalapiti/MMTIX: a ATIX-Mulher é um setor de atenção à causa da mulher xinguana e tem como sua base de apoio o Movimento de Mulheres do Xingu (TIX). A ATIX-Mulher é parte da estrutura orgânica da ATIX-Associação Terra Indígena Xingu. Representamos os 16 povos indígenas do Território Indígena do Xingu-TIX. 

Anúncios

O Prêmio “Sim à Igualdade Racial” 2022 tem como patrocinador premium o Mover, Bee Jobs e Coca-Cola Brasil como patrocinadores ouro; Aegea, Ambev, Animale, Assaí, Farm, Fundação Tide Setubal, Garnier, Gerdau, Grupo Soma, Magazine Luiza, Oreo, Niely, Sony Music, Suzano e Twitter como patrocinadores prata. E com o apoio do Pacto Global e Teatro Riachuelo Rio.  

Para saber mais sobre o prêmio, basta acessar o site: https://simaigualdaderacial.com.br/premio/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: