cinema

“O Pai da Rita”, dirigido por Joel Zito Araújo”, estreia nos cinemas dia 19 de maio

O longa-metragem tem Ailton Graça, Wilson Rabelo, Paulo Betti, Léa Garcia e Elisa Lucinda no elenco; a distribuição é da O2 Play.

Após ser exibido em festivais nacionais como a 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (2021) e receber indicações a diversos prêmios no Festival do Rio (2021), estreia no dia 19 de maio o novo longa-metragem de ficção de Joel Zito Araújo, “O Pai da Rita”. Produzido pela Casa de Criação Cinema, coproduzido pela Globo Filmes e com distribuição da O2 Play. O filme é uma comédia dramática que narra a história de Roque e Pudim, músicos, boêmios, e compositores da tradicional escola de samba Vai-Vai que tem como cenário o bairro do Bexiga.

Anúncios

Entre lembranças e conflitos, os grandes amigos entram em uma guerra gerada por uma dúvida sobre o passado: Quem é o pai da Rita? Roque, Pudim ou, quem sabe, Chico Buarque? No elenco estão Ailton Graça, Jéssica Barbosa, Wilson Rabelo, Paulo Betti, Léa Garcia, Nathalia Ernesto e Elisa Lucinda. E conta com a prestigiosa colaboração de Chico Buarque.

Considerado um dos grandes cineastas e pensadores negros do país, Joel Zito Araújo transita com desenvoltura entre o cinema documentário e de ficção, colocando o negro em cena no Brasil e no mundo. Seu primeiro longa-metragem de ficção, o “Filhas do Vento”, de 2004, ganhou 8 Kikitos no Festival de Gramado, incluindo o prêmio de Melhor Diretor, e o de Melhor Filme do Festival de Tiradentes.

Joel Zito dirigiu renomados filmes, como os documentários  “A Negação do Brasil” (2001), vencedor do É Tudo Verdade, e “Meu Amigo Fela” (2019), que estreou no Festival Internacional de Roterdã-IFFR e ganhou o Prêmio Especial do Júri na Competição Internacional no É Tudo Verdade, os prêmios de Melhor Filme da Diáspora Africana do FESPACO/Burkina Faso, e  de Ja’Net Documentário no Pan African Film Festival-PAFF em Los Angeles, entre outros.

Com uma extensa obra que lhe deu 36 prêmios, atualmente Joel Zito segue a todo vapor, dirigindo a série-documental “PCC – O Poder Secreto” para a HBOMAX, e pretende entreter o público com esta mais nova comédia dramática, “O Pai da Rita”, em co-produção com a Globo Filmes.

Sinopse:

Roque e Pudim, compositores da velha guarda da Vai-Vai, partilham uma kitnet, décadas de amizade, o amor por sua escola de samba e uma dúvida do passado: o que aconteceu com a passista Rita, paixão de ambos. O surgimento da Ritinha, filha da passista, ameaça desmoronar essa grande amizade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: