Textos

Na comédia, as “piadas” não têm limites. Será?

O Oscar desse ano reacendeu uma discussão já bastante antiga não só aqui no Brasil, mas também pelo mundo, após o ator Will Smith, dar um tapa na cara do comediante Chris Rock, por “piada” feita sobre o visual de sua mulher, Jada Smith.

Na noite do último domingo (27) durante a premiação do OSCAR 2022, Will Smith, que levou a estatueta de melhor ator pelo filme, King Richard: Criando Campeãs, deu um tapa na cara do comediante Chris Rock, após o mesmo ter feito uma piada de muito mau gosto sobre o visual de Jada Pinkett-Smith.

Will Smith bate em Chris Rock no Oscar 2022 Foto: Brian Snyder/Reuters
Anúncios

Entenda o Caso

A piada feita por Chris, foi comparando Jada, que é casada com Will desde 1997, com uma personagem careca do filme “Até o limite da honra”, interpretada por Demi Moore. Jada sofre de uma doença autoimune chamada Alopecia, condição capilar que a faz perder o cabelo.

Após o ocorrido, Will ao receber o prêmio de melhor ator, fez um discurso bastante emocionado onde entre outras coisas, pediu desculpas à academia do Oscar e também a todos os presentes pelo seu comportamento.

“Virei o pai louco, igual a Richard Williams. O amor nos faz fazer coisas loucas”, disse ele, em referência a seu personagem no filme, o pai das tenistas Venus e Serena Williams.

Jada Pinkett Smith

Jada começou a falar abertamente sobre a sua doença através das redes sociais em 2018, ao contar que se espantou quando no banho, percebeu que estava perdendo muito cabelo. A atriz já afirmou que por um tempo tentou esconder a sua doença usando turbantes, mas que depois decidiu abrir o problema para o público. Atualmente ela posta nas redes sociais as suas rotinas de beleza e também comenta sobre sua perda de cabelo.

Jada Pinkett Smith Foto: Reprodução/Instagram/Jada Pinkett Smth

Agora, neste momento, eu só posso rir”, disse Pinkett Smith enquanto passava o dedo por uma linha careca ao longo do centro de seu couro cabeludo. “Vocês sabem que estou lutando com alopecia e de repente um dia, olhe para esta linha aqui. Olhe para isso.”

Opinião

Bom, você provavelmente já deve ter escutado aquele famoso ditado: “a sua liberdade termina onde começa a liberdade do outro”, não é mesmo? Em suma, interpreto essa máxima de forma que: todos nós temos o direito de fazer o que quisermos de nossas vidas e até mesmo opinar sobre a vida de outros, desde que tenhamos respeito pelo próximo.

O falso sentimento de que no âmbito da comédia é permitido fazer qualquer tipo de piada, sobre qualquer que seja o tema, acaba por muitas vezes camuflando cometários maldosos, racistas, machistas, homofóbicos, ou até mesmo a falta de sensibilidade de uns em relação às dores dos outros (o que eu acredito ter sido o caso do Chris Rock).

Anúncios

Se a sua “piada” machuca o próximo, penso que ela não deva ser considerada uma piada, mas sim um comentário que feriu alguém. Mas veja lá, não estou sendo hipócrita a ponto de afirmar que nunca fiz nenhum tipo de comentário que ofendeu alguém, não só afirmo que fiz, como digo que futuramente talvez venha a fazer de novo em um momento de descuido. A questão aqui é entender o erro e tentar não repeti-lo. É saber que o respeito deve estar acima de qualquer outra coisa, pois é ele quem garante (ou pelo menos deveria garantir) a nossa existência enquanto sociedade.

Chris Rock é uma artista sensacional e com trabalhos incríveis, (quem aqui não é fã de “Todo Mundo Odeia o Chris”, seriado criado por ele?!), totalmente capaz de nos fazer rir sem ofender ninguém. Mas penso que ele mandou (muito) mal nessa.

Anúncios

Sobre a atitude de Will de estapear um companheiro de profissão, acredito que faltou um pouco de inteligência emocional para lidar melhor com a situação, afinal, ele como pessoa de tamanho destaque e por principalmente ser uma pessoa preta (e essa aqui, só quem é preto, como eu, vai entender o que estou dizendo), não pode se deixar vencer pelos seus impulsos mais primitivos. Mas também não o julgo por ter feito o que fez.

Dito isso, acredito que o que podemos tirar de lição desse ocorrido, é que nenhum de nós sabemos de fato onde é que o “calo aperta no outro” (Chris Rock é que o diga, não é Will? Rsrs), então na dúvida, preze sempre por manter o respeito ao próximo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: