Matérias

Um governo que é racista até em suas campanhas

Propaganda do Ministério da Educação foi duramente criticada pelo ato racista

Depois do veto da propaganda do Banco do Brasil, o o Ministério da Educação do governo Bolsonaro faz campanha para o ProUni e deixa a mão de uma mulher negra branca ao receber o diploma.

Um pais que tem maioria de sua população negra e essa ainda não e maioria nas universidades publicas e uma conta que não fecha, pois sabemos que as faculdades estão com pessoas brancas e uma parte delas pessoas da elite, ou seja, pessoas que podem pagar tranquilamente pelo estudo de seus filhos, mas preferem colocados em faculdades publicas, o curioso disso tudo e que estes mesmos antes de estudarem em faculdades publicas frequentava escolas particulares e cursinhos para se prepararem e entrarem na faculdade, e quando pessoas pobres que em sua maioria estudaram em escolas publicas querem entrar na faculdade, elas disputam vaga com eles que estão muito mais bem preparados e com uma bagagem maior de conteúdo para fazer um vestibular, e quando temos opções como o ProUni e outros, a propaganda faz questão de que quem forma são pessoas brancas e não pessoas pretas.

Até o momento ninguém se pronunciou pelo caso, mas já sabemos que se questionado, o presidente dirá que não e nada demais, mas para nos e racismo e racismo institucional que sempre nos diminui e nunca nos coloca eu situação de ganho, de vitoria, de conquista, um diploma não de um preto para eles e uma afronta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: