Matérias

131 anos da abolição da escravatura, o que mudou?

Nesta data era assinada a lei Áurea que extinguia a escravização no Brasil.

Nesta data de hoje mas no ano de 1988 acontecia no Brasil a assinatura da Lei Áurea que abolia a escravidão em território brasileiro!

lei-aurea-abolicao-e1431541765286

Apesar de ser um grande passo na época, foi um passo demorado e quase que não dado, na verdade o Brasil não queria abolir a escravidão, o governo só assinou depois de forte pressão internacional como as da Inglaterra.

Mesmo após a assinatura da lei, os negros que eram escravizados passaram por muitas dificuldades em território nacional ainda, pois não tinham, terra para morar e por isso muitos ficaram sem rumo, alguns foram até os quilombos para viver e outros começaram a trabalhar para seus antigos senhores. Sem a distribuição de terra para os escravos os mesmos eram quase que obrigados a aceitar fazer os serviços que faziam anteriormente para ao menos sobreviver naquele tempo.

Passou 131 anos e ainda hoje temos que levantar a questão do racismo, o racismo estrutural principalmente pois a abolição não fez que os negros chegassem a locais de destaque com igualdade aos brancos, ainda somos a maioria da população em numero e a maioria que menos estuda, com menos qualidade de vida, com menos cargos de poder e maioria encarcerada alem de nossa juventude que é a que mais morre por mortes violentas.

13 de maio e uma data para refletirmos o que podemos melhorar como sociedade para o povo negro que ainda e o mais prejudicado mesmo com uma “abolição” na lei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: